28 de julho de 2011

TRISTE...


A tristeza é um sentimento que marca pelo vazio e...
Ah! Se eu pudesse dormir e acordar de um sonho ruim
E, saber que foi só um sonho, mas eu sei que não foi...
Por que será que tem dias que estamos tão sensíveis
Outros nos fazem tão fortes que nada nos atinge...
Oh! Mas hoje eu estou muito triste, já chorei, já sorri...
E sabe, parece que ninguém percebeu minha tristeza...
Como eu queria que alguém tivesse percebido, sentido...
Talvez se dividisse essa tristeza seria menos dolorido...
Será que é assim mesmo, será que eu queria isso mesmo...
Ah! Como é ruim sentir um vazio por dentro e ter que...
Ter que disfarçar, ter que sorrir, mesmo  sem vontade.  Mesmo com vontade de chorar, pra que ser forte assim
Vai valer a pena, que vou ganhar com isso, pois se estou sofrendo...
Só de uma coisa eu tenho certeza, a vontade de escrever, de dividir...
Botar pra fora, extravasar para não explodir .....


Creio que este sofrimento está no fim e que Deus ME AMA acima de tudo!!!!

7 de julho de 2011

Amo você...

 Me sinto tão amada,
Isso faz bem ao coração da gente
Quando tem alguém pra dividir um grande amor
Como a brisa da manhã, assim você chegou
Uma ótica perfeita de amor,
Uma ponte sobre um rio de dor
Na minha vida um sonho lindo se realizou
Um presente enviado pelo meu Senhor
Você foi como um dilúvio de amor
Arrancando do meu peito uma dor
E no lugar daquela cicatriz marcou
As cenas lindas que o tempo já notou
Você é minha tempestade do bem
Trazendo chuva ao meu deserto,
Me fazendo alguém
Amada simplesmente pelo que é
Ontem namorada, noiva, e agora sua mulher
Vamos nos molhar na chuva do Senhor
Alimentar com bênçãos o nosso amor
Fazer valer a pena tudo que a gente conquistou
Vamos juntos fazer um culto de agradecimento a Deus
Quando mais precisei você me apareceu
Um presente e o remetente era Deus...

                                                                               Te amo!!!!



Quando bate a tristeza Deus envia o consolo.....


 Existem situações que parecem que vão nos destruir, mas acabam nos fazendo bem. A pessoa que nunca enfrenta tempestades acaba não criando estrutura e qualquer "vento" a derruba.
Dói, eu sei, não é fácil, mas acaba passando, tudo nesta vida passa e a maioria das "tragédias" que acontecem em nossa vida são mais simples do que imaginamos, acabamos dando asas à nossa imaginação e criando, em nossa mente, situações que provavelmente nunca teremos que enfrentar e se realmente acontecer, vamos perceber que os "monstros" que criamos não são tão difíceis de se derrubar.
Se você pediu para Deus te fazer forte, prepare-se para as lutas, elas vem mas elas também vão, e levam os nossos medos e as nossas fraquezas.

                        Oração da Vitória

1 O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?
2 Quando os malvados investiram contra mim, para comerem as minhas carnes, eles, meus adversários e meus inimigos, tropeçaram e caíram.
3 Ainda que um exército se acampe contra mim, o meu coração não temerá; ainda que a guerra se levante contra mim, conservarei a minha confiança.
4 Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo.
5 Pois no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no recôndito do seu tabernáculo me esconderá; sobre uma rocha me elevará.
6 E agora será exaltada a minha cabeça acima dos meus inimigos que estão ao redor de mim; e no seu tabernáculo oferecerei sacrifícios de júbilo; cantarei, sim, cantarei louvores ao Senhor.
7 Ouve, ó Senhor, a minha voz quando clamo; compadece-te de mim e responde-me.
8 Quando disseste: Buscai o meu rosto; o meu coração te disse a ti: O teu rosto, Senhor, buscarei.
9 Não escondas de mim o teu rosto, não rejeites com ira o teu servo, tu que tens sido a minha ajuda. Não me enjeites nem me desampares, ó Deus da minha salvação.
10 Se meu pai e minha mãe me abandonarem, então o Senhor me acolherá.
11 Ensina-me, ó Senhor, o teu caminho, e guia-me por uma vereda plana, por causa dos que me espreitam.
12 Não me entregues à vontade dos meus adversários; pois contra mim se levantaram falsas testemunhas e os que repiram violência.
13 Creio que hei de ver a bondade do Senhor na terra dos viventes.
14 Espera tu pelo Senhor; anima-te, e fortalece o teu coração; espera, pois, pelo Senhor. 
                                                                               Amém!!!





5 de julho de 2011

A saudade.....

  
Antes de ser mãe,a saudade de quem não conheço sinto a ausência de alguém que nem existe,no quarto vazio aquele cantinho que já tenho reservado para o berço do meu anjinho.Na sala o silêncio e a falta de um pequeno ser, embora tudo está em seu devido lugar nada me fará  mais feliz  que brinquedos espalhados por todos os lados e aquele rostinho me abrindo um grande sorriso de satisfação em me ver.Na cozinha tudo está como sempre, nem vestígios de mamadeiras ou de qualquer coisas que represente sua presença em nosso lar.Saiba que a busca por trazer você a existência é o que nos faz acordar todos os dias acreditando que a vida vale muito a pena e que não a vitória sem luta, tudo é no tempo de DEUS......Saber que um dia posso ter você em meus braços me faz ter força pra lutar contra os meus medos,dúvidas e principalmente contra o desânimo e a falta de FÉ.                                                                                                        “Quem ouve a palavra de Deus com atenção encontra a felicidade; bem-aventurado quem confia e espera no Senhor.”                                                                                        (Pr 16:20)



4 de julho de 2011

Quando penso em desistir!!!!!!!

Confie..


As coisas acontecem na hora certa.
Exatamente quando devem acontecer!
Momentos felizes, louve a Deus.
Momentos difíceis, busque a Deus.
Momentos silenciosos, adore a Deus.
Momentos dolorosos, confie em Deus.
Cada momento, agradeça a Deus. 

Tudo  é conforme a vontade e o tempo de DEUS.



1 de julho de 2011

Deus é fiéll!!!

Nunca desista dos seus SONHOS!!!!

As 11 mães mais diferentes do mundo!

1. A mãe com o maior número de filhos sobreviventes de um único parto

A estadunidense Nadya Denise Doud-Suleman Gutierrez, a octomãe, deu à luz a oito bebês em janeiro de 2009. Os óctuplos são o segundo caso registrado de um número tão grande de bebês que sobrevivem ao parto. O caso levou a uma polêmica no campo da tecnologia de fertilidade assistida, já que Gutierrez, que é solteira, já tinha seis filhos, e ficou grávida dos óctuplos a partir de tratamentos contra infertilidade, assim como seus outros filhos.





2. A mãe mais jovem do mundo

Em 1939, surgiu em um hospital em Pisco, no Peru, um dos casos mais assombrosos de gravidez: uma índia das proximidades levou ao hospital uma garota de cinco anos, com um abdome enorme. A mulher acreditava que ela estava possuída por espíritos malignos, e o médico achou que ela tinha um tumor. Após exames, o médico Geraldo Lozada constatou a gravidez de oito meses na pequena Lina Medina.
O médico então levou a garota para Lima, capital do país, onde outros médicos realizaram exames e confirmaram a gravidez. No dia 14 de maio de 1939, Medina deu à luz a um bebê por meio de uma cesárea. O filho da jovem garota pesava 2,7 quilos, e recebeu o nome do médico que cuidou da sua mãe. Ele foi criado achando que sua mãe era sua irmã, mas descobriu a verdade aos dez anos.




3. A mãe de primeira viagem mais velha do mundo

Rajo Devi Lohan teve seu primeiro filho em novembro de 2008, aos 70 anos. Ela afirmou que tinha esperado por mais de 40 anos para ter este filho, e que planeja amamentá-lo por pelo menos três anos.




4. A mãe com o maior número de partos

Feodor Vassilyev era um camponês de Shuya, na Rússia. Embora ele não fosse digno de registros, sua esposa, chamada Valentina Vassilyeva, bateu o recorde do maior número de filhos paridos por uma única mulher. Ela deu à luz a 69 crianças: 16 pares de gêmeos, 7 trigêmeos e 4 quadrigêmeos entre 1725 e 1765, totalizando 27 partos. Dos 69 filhos, 67 sobreviveram.
No mundo moderno, o recorde fica com Leontina Albina, de San Antonio, no Chile. Ela afirma ser mãe de 64 crianças, destas, 55 estão devidamente documentadas. A mulher com o maior número de filhos que não são gêmeos é Lívia Ionce. A mulher romena, de 44 anos, deu á luz ao seu 18° filho em 2008.



5. A primeira mãe-homem

Thomas Beatie nasceu como mulher mas passou por procedimentos para se tornar um homem. Ele vive em Oregon, nos Estados Unidos, com sua esposa Nancy. Beatie passou por tratamentos hormonais e cirurgias, mas ainda tem seus órgãos reprodutivos femininos. Em 29 de junho, ele deu à luz a uma filha, e tem e já está grávido novamente.
A sua esposa não pode ter filhos porque sofreu uma histerectomia. O casal teve a filha a partir de uma inseminação artificial, utilizando o esperma de um doador e o óvulo de Beatie.



6. A mãe mais velha de gêmeos

Omkari Panwar, aos 70 anos, queria ter um filho. Para realizar o sonho da esposa, Charan Singh Panwar, de 77 anos, vendeu seus búfalos e hipotecou a terra em que eles viviam, além de gastar todas as suas economias para pagar para o tratamento que deixaria sua esposa grávida. Assim, Panwar ficou grávida de gêmeos, um garoto e uma garota, que nasceram prematuramente, mas que são saudáveis, segundo médicos. O casal já tinha duas filhas adultas, além de cinco netos.




7. A mãe de aluguel mais fértil

Carole Horlock, de 42 anos, deu à luz a 12 bebês em 13 anos, inclusive a trigêmeos. Ela afirma que, quando começou a ser mãe de aluguel, ela pensou em fazer aquilo uma vez, mas que gostou muito da experiência. Ela diz que não tem nenhuma exigência aos pais dos trigêmeos, só pediu que eles mandassem uma carta e uma foto anualmente, para que ela soubesse como eles estão. Entretanto, as experiências desta estadunidense não são todas boas: o pai da mulher não se relaciona com ela, revoltado porque ela está doando seus netos.




8. A menor mãe do mundo

A mãe mais baixinha do mundo está prestes a ter seu terceiro filho, apesar de avisos de que ela pode estar arriscando a própria vida. Stacey Herald tem apenas 70 centímetros de altura e desafiou os médicos que diziam que ela não poderia ter filhos devido à sua diminuta estatura.
Ela e seu marido, que tem uma altura normal, estão aguardando ansiosamente pelo nascimento de seu terceiro filho. Enquanto está grávida, Stacey não consegue segurar sua outra filha, porque a barriga atrapalha muito. Ela admite que ficar grávida é desconfortável, mas afirma que tem vontade de ter mais filhos.





9. A mãe do menor bebê do mundo

Mahajabeen Sheikh deu à luz a Rumaisa Rahman em setembro de 2004. A bebê pesava menos de 300 gramas e tinha apenas 25 centímetros de comprimento. Ela nasceu prematura, com apenas 26 semanas e seis dias. Rumaisa nasceu com uma irmã gêmea, chamada Hiba, que pesava quase 700 gramas quando nasceu. Agora, as duas bebês estão saudáveis.



10. A mãe com o maior intervalo entre cada gravidez

Elizabeth Ann Buttle teve dois filhos, Belinda e Joseph, o que, sozinho, não é nada de mais. Porém, Belinda nasceu em 1956, e seu irmão Joseph nasceu em 1997, com um intervalo de 41 anos e 185 dias entre cada nascimento.





11. A mãe solteira sem braços

A artista Alison Lapper nasceu em 1965 com uma condição médica rara, que fez com que ela desenvolvesse as pernas curtas, além de não ter braços. Ela viveu toda a sua vida em uma escola especial na Inglaterra, e aos 26 anos se formou em Belas Artes. Em 2000, após um breve relacionamento, ela descobriu que estava grávida. O homem fugiu da responsabilidade, mas Lapper afirma ter ficado muito feliz com a gravidez. Ela deu à luz a um garoto chamado Parys.














Só fofuras...